Artur Simões

Gosto de acreditar que nasci num hospital em 1995, apesar da minha irmã insistir que fui encontrado debaixo de uma ponte num dia de chuva, com um cartaz a dizer "aturem-no vocês, não há amor de mãe que aguente este". Criado na linda terra da Lourinhã (sim, podes ir ver no Maps, eu não te julgo), os meus pais sempre me disseram que tinha cara para a rádio. Sou a única pessoa que conheço a alguma vez levar um estalo de um lémure, e estou sempre disponível para fazer duetos de músicas da disney com quem me desafiar.

Fiz um ano num curso de cinema, estive duas semanas em enfermagem, acabei por licenciar-me em ciências da comunicação, mas o que eu queria mesmo era fisioterapia. Como podes ver, não sou propriamente o tipo de pessoa que planeia coisas. Após a minha vida ter dado mais voltas que uma bússola numa máquina de lavar roupa, acabei na Cidade, onde faço piadas, prego partidas, e bebo muito, muito café, porque não é à base de chá que a Cidade não dorme.

Se gostas do imprevisível, e estás pronto para que tudo possa acontecer (TUDO), já sabes onde me encontrar! 

Segue-me no Facebook

Enviar Feedback



  • SNAPCHAT
    Snapcidade
  • WHATSAPP
    911911978