Ouve a Cidade, faz o download da App.
INSTAGRAM STUDIOMOM

Está a ser desenvolvido um capacete de bicicleta biodegradável e muito sustentável

O projeto é de um estúdio de design neerlandês que garante a segurança do equipamento e que o destaca por ser uma opção muito sustentável.

Perante as evidências que revelam que o mundo atravessa já uma crise climática, com tendência a agravar-se caso nada seja feito, surgem cada vez mais ideias e projetos para tentar substituir objetos que utilizamos em outros mais sustentáveis e com menor pegada ambiental. Desta vez, o estúdio de design neerlandês StudioMOM anunciou que está a desenvolver um capacete de bicicleta biodegradável e que garante a segurança para os futuros utilizadores. Além da segurança e da componente de sustentabilidade, a outra preocupação foi garantir que o capacete tinha ventilação suficiente para proporcionar uma boa experiência.

Segundo avança o portal de mobilidade sustentável AWAY, a equipa tem estado a testar com sucesso a utilização de cânhamo (planta) e micélio (que é a parte vegetativa de um fungo) para criar o MyHelmet, que acreditam que esta pode ser uma solução para produzir em larga escala e muito menos prejudicial para o ambiente. Estes dois materiais quando são aquecidos têm propriedades semelhantes à espuma de poliestireno expandido (EPS) que com o plástico são habitualmente utilizados para fazer os tradicionais capacetes que estão no mercado, mas que têm uma forte pegada ecológica.

O StudioMOM, que também ficou conhecido recentemente por ter criado uma bicicleta a hidrogénio, a LAVO bike, está a trabalhar em parceria com o "Politecnico di Milano" neste novo equipamento de segurança. Explicam ainda que apesar de a bicicleta ser uma ótima opção sustentável para quem se desloca, muitas vezes não são produzidas de forma sustentável, bem como os equipamentos de proteção, como os capacetes. 

Resta agora saber se o MyHelmet estará disponível no mercado, quando é que chegará a Portugal e a que preço. 

 

 

 

Redação