Ouve a Cidade, faz o download da App.
Pixabay

Portugal produziu 14.667 Gwh de eletricidade até abril e 59% foi renovável

Só em abril, contabilizaram-se 3.535 GWh de eletricidade, 62,1% com origem renovável. 

Portugal continental gerou 14.667 gigawatts-hora (GWh) de eletricidade entre janeiro e abril, sendo que 59,4% dos quais foram de origem renovável, segundo dados hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN).

Só em abril, contabilizaram-se 3.535 GWh de eletricidade, 62,1% com origem renovável. 

De acordo com o boletim de eletricidade renovável da APREN, entre janeiro e abril, Portugal "foi o quarto país com maior incorporação renovável na geração de eletricidade, ficando atrás da Noruega, Dinamarca e Áustria".  

Contudo, Portugal diminuiu a incorporação renovável em 0,6%, ficando o país em quarto lugar.

Nos primeiros quatro meses do ano, o setor eletroprodutor emitiu 1,9 milhões de toneladas equivalentes a CO2 (MtCO2eq), evitando o gasto de 1.254 milhões de euros na importação do gás natural. 

"Entre 01 de janeiro e 30 de abril, o preço médio horário registado no MIBEL [Mercado Ibérico de Eletricidade] em Portugal (220,2 euros por megawatt cúbico por hora -- MWh3) representa um aumento superior ao quádruplo face ao período homólogo do ano passado", lê-se no documento. 

No período em questão, registaram-se 52 horas não consecutivas em que a geração renovável "foi suficiente para suprir o consumo de eletricidade em Portugal continental", apresentando um preço horário médio no MIBEL de 146,9 euros por MWh. 

Em abril, totalizaram-se 40 horas não consecutivas com um preço horário médio no MIBEL de 137,5 euros por MWh. 

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, o sistema elétrico nacional teve um saldo importador de 3.509 GWh, apresentando exportações de eletricidade na ordem dos 874 GWh e importações de 4.383 GWh. 

Agência Lusa