Ouve a Cidade FM, faz o download da tua App.

R. Kelly condenado a 30 anos de prisão

EPA
 29 de junho de 2022

O cantor norte-americano R. Kelly foi sentenciado hoje a 30 anos de prisão por crime organizado e tráfico sexual de menores e mulheres. A sentença foi ouvida num tribunal de Nova Iorque, onde, em 2021, decorreu o julgamento do músico que ficou conhecido sobretudo pelo êxito 'I Believe I Can Fly'.

O cantor, autor e compositor foi condenado no ano passado por extorsão e tráfico sexual, num julgamento que deu voz a vítimas que julgavam antes que as suas histórias eram ignoradas por serem mulheres negras.

Esta quarta-feira, a juíza Ann Donnelly considerou que R. Kelly, atualmente com 55 anos, obrigava as vítimas a atos sexuais "indescritíveis" e que usava a "fama, o dinheiro e a popularidade" para explorar sexualmente as mulheres, algumas menores, que se cruazavam no seu caminho.

R.Kelly foi acusado pelo Tribunal Federal do Distrito Leste de Nova Iorque por crimes de crime organizado, coerção e transporte de mulheres e raparigas menores para envolvimento em atividades sexuais ilegais, nos Estados Unidos, ao longo de 20 anos.

Em 12 de julho de 2019, o cantor norte-americano foi detido em Chicago na sequência de 13 acusações, depois de ter sido acusado de abuso de menores no início daquele ano.

Kelly encontra-se preso sem direito a sair sob fiança desde 2019 e enfrenta, ainda, acusações de pornografia infantil e obstrução à justiça em Chicago, num julgamento que está previsto para ter início em 15 de agosto.

 

AUTOR

Caso tenha alguma correção ou comentário a fazer:
 
Segue-nos

bla bla

911911978