Ouve a Cidade, faz o download da App.
Facebook GNR

Mais de 50 pessoas detidas no Algarve na sua maioria por condução com álcool

Nas estradas algarvias, foram ainda registados 120 acidentes que resultaram num ferido grave e 26 leves.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve na última semana 56 pessoas no distrito de Faro, na sua maioria por estarem a conduzir sob o efeito do álcool, segundo um relatório sobre a atividade operacional semanal daquele força policial divulgada esta segunda-feira.

O Comando Territorial de Faro da GNR levou a efeito um conjunto de operações no distrito, entre 19 e 25 de setembro, com o objetivo de "prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, entre outras", refere a GNR em comunicado.

Durante estas ações, foram detidas 56 pessoas: 20 por condução sob o efeito do álcool, 13 por condução sem habilitação legal e oito por tráfico de estupefacientes, adiantou.

No que diz respeito a infrações de trânsito, a GNR informa que detetou 619 infrações, sendo 184 por excesso de velocidade, 56 por falta de inspeção periódica obrigatória, 48 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 30 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, entre outras.

Por outro lado, ao longo da semana que terminou no domingo, esta força de segurança apreendeu, entre outros produtos, 163 doses de heroína, 141 de liamba, 68 de cocaína e 47 de haxixe, lê-se na nota.

Segundo o mesmo relatório, no que respeita à sinistralidade ocorrida nas estradas algarvias, foram registados 120 acidentes que resultaram num ferido grave e 26 leves.

A GNR também desenvolveu no distrito de Faro 58 ações de sensibilização, realçando que 54 pessoas foram contactadas no âmbito do programa Escola Segura e 24 idosos no âmbito do Programa Idosos em Segurança.

Redação / Agência Lusa

Mais Notícias