Ouve a Cidade, faz o download da App.
António Costa

António Costa no Catar para "manter tradição" de apoiar seleção

Primeiro-ministro vai assistir à partida frente à Suiça do Campeonato do Mundo de 2022.

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que viaja esta tarde para o Catar para ver o jogo da seleção portuguesa de futebol contra a Suíça, no Mundial2022, visando manter "a tradição" de acompanhar provas europeias ou mundiais.

"É a tradição que, aliás, temos tido, pelo menos desde que sou primeiro-ministro. Não me recordo de nenhuma prova europeia ou mundial onde os responsáveis do Estado não tenham estado junto com a seleção, representando o conjunto do país no apoio à seleção", declarou o chefe de Governo, falando aos jornalistas portugueses à margem da primeira cimeira da UE com os Balcãs Ocidentais, em Tirana.

Em declarações prestadas na capital albanesa, de onde parte para Doha, António Costa foi questionado se estava confortável com tal deslocação, dada a polémica relacionada com os direitos humanos no Catar e também com o facto de viajar no avião oficial do Estado, afirmando que "é uma questão que já não se coloca".

"Já estivemos na Rússia e em França. Os locais onde ocorrem as provas são onde elas foram decididas, a seu tempo", explicou o primeiro-ministro, afirmando esperar uma vitória da seleção das quinas na partida de hoje.

António Costa disse ainda que, se a seleção portuguesa for à final, terá "muito gosto" em voltar ao Catar.

A seleção portuguesa de futebol defronta hoje a Suíça em jogo dos oitavos de final do Mundial2022, procurando assegurar uma vaga nos 'quartos' pela terceira vez na história e 16 anos depois da última qualificação.

Tanto em 1966 como em 2006, a equipa das 'quinas' atingiu os quartos-de-final, sendo que na primeira ocasião a prova ainda não contemplava a realização de oitavos de final. Em ambos os casos, Portugal acabaria por chegar às meias-finais, ficando em terceiro lugar em Inglaterra e em quarto na Alemanha.

Depois de ter conquistado o Grupo H, com seis pontos, à frente da Coreia do Sul, de Paulo Bento, que também seguiu em frente, a formação comandada por Fernando Santos terá como adversária uma Suíça que ficou no segundo posto do Grupo G, em igualdade com o líder Brasil, mas em desvantagem na diferença de golos.

Este será o terceiro confronto entre as duas seleções este ano, na sequência dos dois realizados para a Liga das Nações, ambos no espaço de uma semana, em junho, com Portugal a vencer por 4-0 em Alvalade e, uma semana volvida, a ser derrotado por 1-0, em Genebra.

Portugal e Suíça defrontam-se no último dos oito jogos dos oitavos de final, a partir das 22h00 locais (19h00 em Lisboa), no Estádio de Lusail.

O Mundial2022 decorre até 18 de dezembro, no Catar.
 

Agência Lusa

Mais Notícias