Juiz federal ordena libertação imediata de Lula da Silva

EPA
 08 de novembro de 2019

Um juiz federal autorizou a libertação de Lula da Silva, exp-residente do Brasil, que está detido desde abril de 2018, depois de ter sido condenado no âmbito do processo Lava-Jato.

A libertação surge na sequência de uma alteração da lei pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que proíbe a prisão após condenação em segunda instância dos réus que recorrem para tribunais superiores.

Com esta mudança, 38 condenados no âmbito da Lava-Jato serão beneficiados, segundo o Ministério Público Federal.

Entre eles está o ex-chefe de estado brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que foi condenado em segunda instância no caso de um apartamento de luxo na cidade do Guarujá, no litoral do estado de São Paulo.

AUTOR

Caso tenha alguma correção ou comentário a fazer:
 
Segue-nos

bla bla

911911978